14 outubro 2017

Precisamos falar sobre a saga Insidious


Insidious é uma saga que eu queria trazer para o blog a muito tempo, porque é uma das poucas franquias de terror que eu já assisti inúmeras vezes e não cansei. Sobrenatural veio apenas para reafirmar o meu amor pelo trabalho do ator Patrick Wilson, do filme MeninaMá.com. Vou tentar não dar spoiler hoje e que fique claro, eu vou tentar não prometo muito coisa, rs. 

O primeiro Sobrenatural conta a história da família Lambert, formada por Josh (Patrick Wilson), Renai (Rose Byrne) e os filhos Dalton (Ty Simpkins) e Foster (Andrew Astor), acaba de se mudar. Logo, uma das crianças entra em coma de forma inexplicável, o que faz os pais pensarem que a nova casa abriga algum tipo de espírito do mal. Mas eles logo se mudam do local e nos dias seguintes acabam descobrindo que o problema não estava na casa e sim no próprio filho.

Já no Sobrenatural: capítulo 2 a família Lambert, formada volta a lidar com uma série de problemas sobrenaturais e precisa enfrentar as consequências dos eventos do primeiro filme. Enquanto a polícia investiga a residência, eles são abrigados por Lorraine Lambert (Barbara Hershey), mas até no novo lar Josh apresenta um comportamento irreconhecível e Renai é assombrada por uma estranha figura feminina.

Eu sempre falou que Sobrenatural é uma produção muito bem feita e a história é super amarradinha e nada fica de fora nesse longa. Tanto que o segundo filme explica vários fatos que acontecem no primeiro, cenas que eram "sobrenaturais" que eram tentativas de chama atenção das pessoas na casa. Toda a história da família Lambert chega ao fim no capítulo 2.



E no Sobrenatural: A Origem vamos conhecer um pouco mais sobre Elise Rainier (Lin Shaye) e descobrir a história de Sean Brenner (Dermot Mulroney) e a filha, Quinn (Stefanie Scott), que são aterrorizados por entidades misteriosas. A especialista em fenômenos paranormais Elise Rainier (Lin Shaye) se envolve no caso e busca uma forma de livrar a família do demônio.

Todos os filmes da saga terminam puxando um novo filme da franquia e com o terceiro não foi diferente e recentemente foram liberados trailers do novo filme que se chama: Sobrenatural: A última chaveNeste quarto filme da franquia Sobrenatural, a doutora Elise Rainier (Lin Shaye) é chamada para resolver o caso de uma assombração no Novo México, localizada justamente na casa em que ela passou a infância.

Então provavelmente vamos ter mais acesso a história de Elise Rainier (Lin Shaye), eu consegui trazer o trailer legendado para vocês.


Eu vi um poster novo e nele estava escrito 'January' e data de lançamento do filme seria 5 de janeiro de 2018 nos EUA. E eu já estou contando os dias para ele chegar aqui no Brasil, quero muito conhecer mais sobre a história de Elise Rainier, ela é a melhor personagem ever de toda a franquia.

Deixe a sua opinião sobre os filmes nos comentários e me conta se você também está contando os dias para ver o quarteto filme da franquia.
Não esqueça de fazer o seu pedido com o tema terror. 
Até o final do mês vamos ter outros posts da maratona terror aqui no blog.
Beijos, Thayná Fortunato.

13 outubro 2017

4 filmes de terror com crianças incríveis

E aí prontos para mais um especial do terror aqui no blog? Ontem foi dia das crianças e eu não poderia deixar e fazer um conteúdo mostrando filme incríveis que contam com participação de crianças que eu roubaram a cena nos longas. Prontos ou não aqui vamos nós.


Quem não lembra da pequena Esther, 'A órfã', esse filme foi um tapa na minha cara desde o momento que o casal levou a pequena para a casa. Até hoje estou esperando o segundo filme, porque é um filme tão maravilhoso que era merecido demais uma continuação do longa.
A órfã - Sinopse:  Kate (Vera Farmiga) e John Coleman (Peter Sarsgaard) ficam arrasados devido a um trágico aborto. Apesar de já ter dois filhos, Daniel (Jimmy Bennett) e a surda muda Maxime (Aryana Engineer), o casal decide adotar uma criança. Durante uma visita a um orfanato, os dois se encantam pela pequena Esther (Isabelle Fuhrman) de nove anos e optam rapidamente por sua adoção. O que eles não sabiam é que estranhos acontecimentos fazem parte do histórico da menina que passa a se tornar, dia após dia, mais misteriosa. Intrigada, Kate desconfia que Esther não é quem aparenta ser, mas devido ao seu passado de alcoolismo tem dificuldades de provar sua teoria.


Começamos com Annabelle 2 - A criação do mal foi um dos últimos que eu assisti e posso falar que com toda certeza. As crianças deram um verdadeiro banho de interpretação nesse filme, eu estive por duas vezes no cinema para conferir e garanto que vale muito a pena. E você pode conferir mais sobre esse filme aqui.
Annabelle 2 - A criação do mal - Sinopse : Anos após a trágica morte de sua filha, um habilidoso artesão de bonecas e sua esposa decidem, por caridade, acolher em sua casa uma freira e dezenas de meninas desalojadas de um orfanato. Atormentado pelas lembranças traumáticas, o casal ainda precisa lidar com um amedrontador demônio do passado: Annabelle, criação do artesão.



Caso 39 é um dos meus filmes favoritos de criança porque a mudança de atitude e facial dessa protagonista da filme é surreal e maravilho. A primeira vista é quase impossível acreditar que uma menina que parece ser tão doce consegui fazer tanta maldade.
Caso 39 - SinopseEmily Jenkins (Renée Zellweger) é uma dedicada assistente social que está diante do caso 39, referente à garota Lilith Sullivan (Jodelle Ferland). Os pais de Lilith tentam feri-la, o que faz com que Emily intervenha. Encantada com a garota, Emily oferece que more com ela até que seja encontrada uma família adotiva. Só que há um mistério por trás da garota, já que todos que se aproximam dela aparentam enlouquecer.



Quando as Luzes se Apagam é um dos meus filmes favoritos do momento, eu fui conferir no cinema com a minha mãe e dei muito risada com o namorado da Rebecca e com o irmão dela. Os dois roubam a cena o tempo inteiro no filme e o longa conta com momentos bem engraçados, acredito que vocês vão tomar uns sustos e dar algumas risadas.
Quando as Luzes se Apagam - Sinopse:Desde que era pequena, Rebecca tinha uma porção de medos, especialmente quando as luzes se apagavam. Ela acreditava ser perseguida pela figura de uma mulher e anos mais tarde seu irmão mais novo começa a sofrer do mesmo problema. Juntos eles descobrem que a aparição está ligada à mãe deles, Rebecca começa a investigar o caso e chega perto de conhecer a terrível verdade.

E aí meu amores você já viram alguns desses filmes? Conta pra gente nos comentários o que você achou de cada um e qual filme com criança você mais gosta.
Não se esqueça de fazer o seu pedido com o tema terror. 
Até o final do mês vamos ter outros posts da maratona terror aqui no blog.
Beijos, Thayná Fortunato.

11 outubro 2017

6 animações para curtir no dia das bruxa.

Que conte nos altos que eu AMO outubro, é simplesmente o meu mês favorito, aqui no Rio de Janeiro temos o dia de São Cosme e Damião (no estado de você também tem dia para pegar doce?), o dia que eu mais esperava mais do que meu aniversário. Porque eu pegava tantos doces quando criança que não precisava comprar nenhum (tudo bem que eu não era uma criança que comprar tanto doces, porque eu sou de fases quando a questão é açúcar). 

Eu sei que nos Estados Unidos em outubro rola o Halloween, aonde as crianças saiam fantasiadas e batem nas portas pedindo doce para os vizinhos e nas ruas próximas. Pensando no dia das bruxas resolvi queria um especial de terror aqui no blog para trazer conteúdos de filmes, séries e talvez outros tipos de posts com esse tema.


Para o primeiro post eu selecionei uns filmes de "terror" infantil para as crianças que acompanham o blog e para os babys das minhas leitoras. O único que me da nervoso e não consigo assistir tudo é Caroline e mundo secreto e vocês podem me julgar, mas eu não consigo ver esse filme porque eu fico com um pouco de pânico por causa dos olhos de botão, rs. Veja esse e outros cincos filmes bem divertidos criados para as crianças.


Caroline e mundo secreto Entediada em sua nova casa, Caroline Jones (Dakota Fanning) um dia encontra uma porta secreta. Através dela tem acesso a uma outra versão de sua própria vida, a qual aparentemente é bem parecida com a que leva. A diferença é que neste outro lado tudo parece ser melhor, inclusive as pessoas com quem convive. Caroline se empolga com a descoberta, mas logo descobre que há algo de errado quando seus pais alternativos tentam aprisioná-la neste novo mundo.


A noiva cadáver - Em um vilarejo europeu do século XIX vive Victor Van Dorst (Johnny Depp), um jovem que está prestes a se casar com Victoria Everglot (Emily Watson). Porém acidentalmente Victor se casa com a Noiva-Cadáver (Helena Bonham Carter), que o leva para conhecer a Terra dos Mortos. Desejando desfazer o ocorrido para poder enfim se casar com Victoria, aos poucos Victor percebe que a Terra dos Mortos é bem mais animada do que o meio vitoriano em que nasceu e cresceu.


Frankenweenie - Victor (Charlie Tahan) adora fazer filmes caseiros de terror, quase sempre estrelados por seu cachorro Sparky. Quando o cão morre atropelado, Victor fica triste e inconformado. Inspirado por uma aula de ciências que teve na escola, onde um professor mostra ser possível estimular os movimentos através da eletricidade, ele constrói uma máquina que permita reviver Sparky. O experimento dá certo, mas o que Victor não esperava era que seu melhor amigo voltasse com hábitos um pouco diferentes.


ParaNorman Norman Babcock (Kodi Smit-McPhee) é um garoto que consegue ver e falar com os mortos. Entretanto, o único que acredita em suas habilidades é Neil, um amigo excêntrico. Um dia, o tio de Norman conta sobre um importante ritual anual realizado na cidade, com o objetivo de protegê-la de uma maldição jogada por uma bruxa séculos atrás. Norman resolve ajudar no ritual, mas as coisas não saem como planejado e uma nuvem mágica faz com que os mortos se levantem das tumbas da cidade.


Hotel Transilvânia O Hotel Transilvânia é um resort cinco estrelas que serve de refúgio para que os monstros possam descansar do árduo trabalho de perseguir e assustar os humanos. O local é comandado pelo Conde Drácula (Adam Sandler), que resolve convidar os amigos para comemorar, ao longo de um fim de semana, o 118º aniversário de sua filha Mavis (Selena Gomez). O que ele não esperava era que Jonathan (Adam Samberg), um humano sem noção, fosse aparecer no local justo quando o hotel está repleto de convidados e, ainda por cima, se apaixonasse por Mavis.


Monstros S/A Monstros S.A. é a maior fábrica de sustos existente. Localizada em uma dimensão paralela, a fábrica constrói portais que levam os monstros para os quartos das crianças, onde eles poderão lhes dar sustos e gerar a fonte de energia necessária para a sobrevivência da fábrica. Entre todos os monstros que lá trabalham o mais assustador de todos é James P. Sullivan (John Goodman), um grande e intimidador monstro de pêlo azul e chifres, que é chamado de Sully por seus amigos. Seu assistente é Mike Wazowski (Billy Crystal), um pequeno ser de um olho só com quem tem por missão assustar as crianças, que são consideradas tóxicas pelos monstros e cujo contato com eles seria catastrófico para seu mundo. Porém, ao visitar o mundo dos humanos a trabalho, Mike e Sully conhecem a garota Boo (Mary Gibbs), que acaba sem querer indo parar no mundo dos monstros.

Gostaram das indicações? Tem algum filme que você gostaria de indicar? Conta pra gente nos comentários. Não se esqueça de fazer o seu pedido com o tema terror. 
Amanhã vamos ter outro post da maratona terror aqui no blog.
Beijos, Thayná Fortunato.

26 setembro 2017

A realidade por trás do mundo dos blogs


O post de hoje é mais um bate papo para comentar sobre as coisas que eu gostaria muito que eu alguém tivesse me contado quando criei o blog. Há 6 anos eu criei o blog Nega Louca e na época ele tinha outro nome e um layout que podemos chamar de simples. No começo no sabia que dava pra ganhar dinheiro e a quantidade de pessoas que o meu blog poderia atingir, eu nem esperava conhecer tanta gente legal.

Hoje conheço meninas e meninos que fazem um conteúdo incrível na internet que merecem um reconhecimento maior pelo material criado por eles. Esta nesse universo de blog e canal no Youtube é uma batalha diária, todos os dias são criados novas contas e outras pessoas vão chegando e as chances vão “diminuindo” para você.

Não que eu seja contra novas pessoas nesse mundo virtual, que acaba se tornando um trabalho pra gente, porque é algo que toma o nosso tempo livre e esses portais acabam virando as novas vidas. Só que há seis anos eu não sabia muito bem como mexer em um layout, a informação que eu tinha para gerar um conteúdo vinha de sites que eu lia na adolescência e confesso que não tinha a menor preocupação em pesquisar mais sobre os assuntos que eu falava.

Porém, a gente cresce e aprende que se queremos passa informação temos que estudar bastante pra passa pra frente e é muito fácil chega a um grupo de blogueiras e pedir um layout completo 0800 ou pergunta quem pode criar um blog para você. Ou até mesmo criar um canal no Youtube em saber o que falar e viver pelos próximos meses falando: “alguém pode me ajuda eu não sobre o que falar no canal”.
Que fique claro esse post não é uma indireta para ninguém e sim a visão de quem está cansada de ver a cara de pau das pessoas, mas se você é um cara de pau. Óleo de peroba deve está vendendo em inúmeros supermercados.

O que nunca te contaram foi:
  1. Nessa batalha é você por você mesma, criei o seu blog ou o seu canal sabendo o que você quer falar. Estude o seu conteúdo, estude suas categorias, procure sempre ter em mente de onde você veio e para onde você vai. Evite se perder no meio do caminho, evite pedir dicas de conteúdo para outros blogueiros. As únicas pessoas que devem dar sugestão no seu conteúdo são os seus leitores, tente ouvir o que eles estão querendo de você.
  2. Fazer conteúdo pra internet não é fácil, tenha sempre um domínio do que você esta falando. Quando abordamos um assunto sempre rola uma dúvida da galera sobre o que você fazendo dividindo com ele no seu espaço.
  3. Você conhecer muito gente legal, mas evite abusar da bondade dessas pessoas. Tira dúvidas e dividir conquistas é sempre bom, mas não passa dos limites. Lembra ninguém tem a obrigação de te ajudar. E nem adicione essas pessoas para fazer spam nas redes sociais delas, pelo amor de Jesus Cristo não fique marcando a pessoa nas suas publicações, nem pedindo o tempo inteiro para curtir um fan Page. Adicione o coleguinha porque você quer fazer amizades novas.
  4. Dei a mão e você quer o corpo inteiro. Na maioria dos grupos de blogueiras, tem a galera perdida que não conhece o suporte das suas plataformas e estão sempre fazendo perguntas de respostas simples, que elas poderiam ter encontrado lá no chefão (Google), não é porque alguém te ajudou um pouco que ela sempre tem que fazer isso. Já falei duas vezes e vou falar de novo, SE VIRA QUERIDA (O).
  5. Projetos são esquecidos com o tempo. Simples projeto com outras blogueiras vão ser criados, porém, vão cair no esquecimento. Assim como os seus próprios projetos para o seu blog ou canal, quando ficamos adiando e adiando. Ele fica para o dia de São Nunca e bem está com a ideia tenta colocar em prática para não deixar uma ideia pode ser um sucesso sumir com o tempo.

Uma coisa que já te contaram e que me incomoda bastante é quando a pessoa acaba de criar um o blog e já saiu o por ainda falando que é uma digital influencer e começa a pedir parcerias para as lojas, e quando você é uma digital influencer, as marcas vão atrás de você por causa da quantidade de números que você tem e por causa do retorno positivo dos leitores nos comentários. Na minha opinião você pode falar que é influencer quando você não precisar pedir muito para as pessoas fazer algo.

Pedir parcerias sem saber que vai dar retorno para a loja também não legal, tenha um mídia kit atualizado para manda para as marcas e só faça união com marcar que você sabe que te algo parecido ou que seja ligado no que você fala.

O que eu quero com isso tudo? Abrir os olhos de vocês, se você leu tudo isso e percebeu que está fazendo alguma dessas coisas. Procure melhorar meu querido (a), aproveita que ainda da tempo de fazer a diferença nesse universo dos blogs e canais. Não faça os coleguinhas de escada, evita fazer perguntas bobas (a resposta em sempre no chefe/ Google) é só procura. Lembra que isso pode se torna o seu trabalho e ninguém pode fazer o seu trabalho por você.

Se você realmente quer o grande título de digital influencer, corre atrás do seu. Não espere que alguém faça por você, o povo tem seus próprios problemas para resolver e você vai precisar separar tempo para se dedicar no blog e no canal.

E você blogueira (o), youtuber, instablogger, digital influencer já passou por alguma situação chata como as que eu citei acima? Conta a sua história nos comentários, se você tem alguma dica para dar pra essa nova geração de blogueiros pode comentar também.

Beijos, Thayná Fortunato.